ORKUT VAI VOLTAR?

Na verdade o Orkut não vai voltar, já voltou.
Não a rede social, aquela em que você jogava Buddy Poke e Colheita Feliz e ainda podia dar uma espiadinha em que visitou seu perfil.

Quem voltou foi Orkut Büyükkökten, ex engenheiro do Google e  criador da rede social com o mesmo nome.
Orkut lançou uma nova rede chamada Hello, que já está disponível no Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos e conforme informação no próprio site, chegará ao Brasil em agosto.

O sistema será disponibilizado para iPhone(IOS) e Android (não há versão para navegador) e já é possível inscrever-se para um convite, o qual o usuário será avisado quando o aplicativo estiver disponível no Brasil.

Por curiosidade, dei uma pesquisada em sites americanos para ver se achava algumas informações relevantes, e eis o que descobri:
  • A criação de conta segue os padrões de qualquer outro aplicativo (e-mail, senha, código;
  • A configuração de perfil pede nome, gênero, data de nascimento, local e status de relacionamento;
  • Passada essa etapa, é hora de configurar a seção 'Personas', que é o grande diferencial dessa rede social;



  • São mais de 100 opções de personas, que tem itens como político, amantes de música, filosofia, gamer, tecnologia, gays, amantes de gatos, de cerveja, entre outros. Pode-se escolher até 5, que podem ser mudados depois, obedecendo esse limite;
  • A escolha das personas é que vai ajudar a encontrar novos amigos, com base nos seus interesses e vão influenciar também em que será exibido no seu Feed;
  • Há duas formas de publicação: textos e imagens. É possível marcar amigos e fazer post anônimo. Também há uma opção chamada 'Popularis' mas parece que já é um conteúdo pago ekkkaa.
  • Os comentários podem ser anônimos e não há opção de compartilhar a publicação de alguém;
  • Também não é possível compartilhar vídeos, links ou qualquer outro conteúdo;
  • Algumas opções são parecidas com as do Facebook: adicionar amigos, enviar mensagens ao visitar perfis e seguir pessoas sem adicioná-las;
Como o aplicativo ainda está em fase beta, muita coisa poderá mudar antes de ser lançado no Brasil. Tomara.
    O que deu para perceber é que ele não tem absolutamente nada parecido com o antigo Orkut, a não ser pelo fato de poder ver quem visitou seu perfil.

    É uma rede com algumas coisas novas e interessantes mas também com diversas funções inspiradas em outros apps.

    Percebe-se que ele vem com tudo para confrontar com o Facebook. Se ele conseguirá? Só você poderá dizer!

    Veja um vídeo lançado há pouco pelo Orkut Büyükkökten em que é possível conhecer um pouco a interface do aplicativo.
    Obs: O vídeo está em inglês e não há opção de tradução ou legenda.